terça-feira, outubro 28, 2008

Coincidências

Porque ela é pequenina não dissemos à Inês o que tinha acontecido com o avô.
Domingo ela foi visitar a avó do papá. Quando voltou disse-me que não tinha visto o avô, que ele tinha ido passear mas que naquele momento já devia estar em casa. Depois disse muito baixinho:
"Como não estava, o vô não deu tostão." E fez um sorriso maroto. Um interesse inocente, diria eu.
O que aconteceu a seguir foi uma coincidência, mas o certo é que a Inês recebeu essa moeda e nós queremos acreditar que por vezes estas coisas não acontecem por acaso.

2 comentários:

InêsN disse...

posso meter o bedelho...?

digam-lhe. pode ser de uma forma meio efabulada mas não deixem que o esqueça, que comece a pensar que o vô se esqueceu do tostão...

Carla Isabel disse...

Até me arrepiei!!!Eu costumo dizer que nada é por acaso!!!

Bjs