quarta-feira, setembro 24, 2008

Afinal a Lara tem uma pilinha !?!? OPS!!!!

Pois é... estou eu muito descansada a fazer a minha eco das 34 semanas, a filhota ao meu lado a ver a mana e de repente o médico lança um murmurio, quase a falar para ele, enquanto olhava o monitor e ia observando: "medida cefálifa xxx, blá, blá, medida do abdomen, blá blá, tem então aqui um rapazote..." ?!?!
"Não. Tenho uma menina."
"É um rapaz. Nitidamente um rapaz. Quem lhe disse que era uma menina???" pergunta ele espantado.
"Disse-me desde sempre o meu médico e o senhor confirmou na eco morfológica."
"Olhe que se isso aconteceu foi a primeira vez em 16 anos" Ele estava nitidamente incrédulo e só acreditou qd viu no relatório escrito por ele da eco anterior: feminino.
E eu ainda perguntava:
"Mas tem mesmo a certeza????"
"Está a ver esta bola? É o saquinho onde estão os testiculos."
E agora quem estava incrédula era eu. Era enorme. Como é possível nenhum dos dois médicos se ter nunca apercebido? Depois ele ainda viu a pilinha mas eu não consegui ver nada. Comecei a rir de nervos enquanto dizia à Inês que afinal não iamos ter uma menina mas sim um menino.
Enquanto estavamos lá dentro a vergonha impediu males maiores. Quando saimos ela desatou num pranto a dizer que queria a mana, que queria a Lara de volta. Eu a tentar explicar que afinal ela ia ter um menino igual ao primo Gonçalo para brincar e ela só dizia que queria a Lara. Chorou imenso.
Eu tive um choque com a novidade e não consegui disfarçar perante a miuda. E se na minha cabeça tudo ficou de repente um pouco confuso, imagino o que se estaria a passar na dela.
A técnica espantada, a recepcionista incrédula. Pessoas que trabalham ali há muito e nunca tinham passado por aquilo. Afinal eu estou com 34 semanas.

Quando sai liguei logo ao maridão:
"Queres uma novidade das boas? Acabei de ver as "bolas" do teu filho."
"Tás a gozar????" e desde aí está tão espantado como eu.

Para nós, na nossa cabeça, ELE ainda é ELA. Não conseguimos imaginar outro nome para este bébé. Ainda estou a ve-la de saias a brincar com a irmã, ainda as estou a ver as duas no seu quartinho cor de rosa, ainda são duas e não dois.

Amanhã já devo começar a digerir a noticia e a ver as coisas com outros olhos.
Claro que isto não é nada de grave, aliás, para nós o sexo era indeferente mas passados tantos meses, a verdade é que a sensação é muito estranha. Parece que alguém desapareceu e veio outro no seu lugar.
Acho que agora o urgente é arranjar um nome, para o nosso bébé voltar a ter identidade própria e não ser apenas o bébé.

O que torna tudo muito estranho é que na passada 5ªfeira, na minha consulta de rotina, foi a unica vez em que a posição não permitia ver nada. Em todas as outras nunca houve nenhuma duvida, nenhuma indecisão. Será possível que as bolinhas estivessem no interior do corpo e só agora terem saído cá para fora?
De qualquer forma vou entregar os meus cd's com as gravações para o médico perceber onde errou.

Como alguém me disse ontem: esta gravidez tem sido um festival. Tudo acontece. Estou a entrar naquela fase em que já só quando vir este pequenote nos meus braços com tudo no sitio é que vou acreditar. A partir de agora é ver para crer.

Quem anda feliz da vida é a minha mãe :)

14 comentários:

MHelena disse...

Bem... nem sei que dizer! Eu leio o vosso blog há séculos, embora silenciosamente, mas agora tenho mesmo de comentar. Se até a mim (a perfect stranger) me faz confusão ter vindo aqui espreitar notícias vossas e daparar com esta novidade, imagino a confusão na cabeça da Inês (e na vossa, claro). Mas tenho a certeza que rapidamente vão interiorizar a ideia de que vem aí um rapazote lindo, lindo. E a mana Inês vai ficar radiante.
Agora é preciso é mudar a barrinha lá de cima...

Sandra Brema disse...

EU NÃO ACREDITO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou para aqui de boca aberta!!!

Quando a fecha-la volto... para dizer algo mais adequado ao momento!!!

Beijus em AZUL?????

Sandra Brema

Fitinha Azul disse...

É a 2ª vez na minha vida que conheço um caso destes... hoje em dia para inacreditável mas ainda acontece...

No caso que conheço o casal tinha uma menina e vinha um menino a caminho, mas na última eco descobriram que afinal era uma menina, é um choque muito grande porque nos afeiçoamos de tal maneira à imagem do bébé que depois é complicado de gerir as emoções de saber, no fim da gravidez, que afinal não é menina ou não é menino...

Beijocas grandes

Sandra disse...

Estou de boca aberta. Mas como é possivel?

E já tinhas comprado muita coisa para a menina?

Bem o importante é que venha perfeitinho e com saúde.

Beijinhos.

Beatriz disse...

Alicinha... estou de boca aberta!! Como é possivel?? É mesmo estranho 2 médicos enganarem-se! Mas pode ser que o rapazote andasse escondidinho... Tenta fazer outra eco com o teu médico para ele confirmar.

De todo o modo o que conta é ser perfeitinho.

E agora... muita paciencia para explicares á Inês...

Beijinhos confusos,
Carla e Beatriz

1gota disse...

É inacreditável... Pouco provável, mas possível. E às 34 semanas ainda menos, embora já tenha ouvido casos que ao nascimento é que dá conta.

Agora é habituar à ideia! :)

Beijinho.
:*

inesn disse...

beeeeeeeeeeeeeeem...

O.O

nem imagino o choque!

beijinho!

A Mamã disse...

Amiga...nem sabes o que me ri quando recebi a tua mensagem...estava no consultório da pediatra dos meninos à espera da consulta do Guilherme e soltei um "ah" e comecei a rir...contei logo ao Zé, que também sorriu...
Imagino que tenha sido um choque...mas ser mãe de uma menina e um menino é maravilhoso...
Um bjo enorme

P.S. (Um dia destes, sem saberes - outra vez...eheheh - vou aí...mas prometo que não apareço na loja de surpresa :))...aé pq só devo ir quando estiveres de licença...é que agora tenho uma familiar em Gaia :)

silviabar disse...

Bem...eu cá para mim acho que a culpa é do frango...Eh,eh,eh,quem te manda comer tanto frango assim?

Olha como tu, só conheço o meu afilhado Bruno que os primeiros dias de vida passou-os com roupinha cor de rosa e bordada com o nome "Joana".E o médico, que lhe garantiu sempre a "Joana", veio pessoalmente dar-lhe a notícia, não fosse a mãe pensar que tinha existido troca(foi cesariana com nstesia geral).

O importante é que o rapaz está bem de saúde, e a Inês vai logo logo vai aceitar o mano.

Beijinhos a todos.

Sílvia % Cia.

Mamuska disse...

Possas amiga ainda estou meia parva depois de ler...
Imagino como ficaste, mas o que interessa é que tudo esteja a correr bem e que o bebé venha com muita saúde! Parabéns pelo rapaz! :)

Beijo grande

Amélia do Benjamim disse...

LOOLLL
Tenho uma amiga que sempre lhe garantiram que era um rapaz e afinal teve uma Mariana!

Vais ter é um trochudo como o meu!
tadinha da Inês... estava a preparar-se para uma mana...

És abençoada Alice, sabias?

Beijinho doce.

Claudia Capela disse...

Olá!
Descobri o teu blog nas barrinhas dos babyblogs. Está 2 barrinhas abaixo da minha, e fiquei espantada :)
estas coisas acontecem... Conheço um caso que sempre disseram que era menino, que se via bem a pilinha, e na altura do parto afinal era uma menina, e a dita pilinha era o cordão umbilical...
só é de esperar que desta vez seja a sério :)
Agora tens mesmo que arranjar um nome para o cachopo, e vais ter um casalinho. O importante é que seja saudável, porque quando nascer, vais ter certeza que só podia ser ele o teu bébé. pelo menos é assim que eu imagino :)
Beijinhos

Anabela e Lara disse...

ainda foi a tempo... a minha Lara foi Sempre TOMAS até nascer!!!

é complicado conseguir assimilar!!!

Costinhas disse...

[Eu já li isto há bastantes dias, mas ainda não tinha conseguido vir aqui comentar.]

Agora a novidade já deve estar mais bem assimilada, mas mesmo assim, imagino a vossa cara ao receber a novidade :p

Vendo isto pelo lado típico e fazendo aquela tirada que devo ter ouvido para aí, no mínimo, umas 30.000 vezes: aí que bom, agora ficas com um casalinho! :p lolol

beijos!!!